Ações de prevenção a Covid-19 realizadas em Terra Roxa

Ações de prevenção a Covid-19 realizadas em Terra Roxa

Curtir
Compartilhar


Ações realizadas, a partir de 16 de março no município de Terra Roxa diante a pandemia do Coronavírus – COVID-19

- Reunião com o prefeito municipal, profissionais da saúde, educação, jurídico, e assistência social, para tomada de decisões, e reorganização dos fluxos;

- Suspensão das aulas seguindo a determinação do governo estadual de São Paulo – Secretaria Estadual de Educação;

- Criação de um comitê de emergência para tratar de assuntos relacionados ao (COVID - 19) Coronavírus, com profissionais da Atenção Básica, Vigilância Epidemiológica, Pronto Atendimento Municipal, Irmandade de Misericórdia e Hospital de Terra Roxa e Conselho Municipal de Saúde;

- Comitê de enfrentamento para gerenciar os serviços assistenciais São eles:

- Antonio Carlos Casemiro Junior-Diretor Municipal de Saúde
- Dra Salua Olivari Nassbine Ferreira - diretora clínica Pronto atendimento e Hospital
- Dra Vanissa Olivari Nassbine - médica Atenção Básica e Pronto atendimento
- Maria Jose Ricobello Tavares-Atenção Básica Municipal
- Tassia Bution Hrastel Padovan –Coordendora Vigilância Epidemiológica e CMS
- Camila Sisdeli da Silva-Enfermeira ESF e CMS
- Marina Rocha Domingues Amancio – Fisioterapeuta e CMS

- Elaboração do plano de contingência do município de Terra Roxa;

- Orientação casa a casa sobrea prevenção do Coronavírus e recomendações de isolamento social, orientação para antes de se dirigir a uma unidade de saúde, ligar para receber as devidas recomendações, realizado pelas agentes comunitárias de saúde, equipe do Nasf, controle de endemias e membros da secretaria de saúde;

- Complementação do Plano de Contingência;

- Divulgação por meio de cartazes, redes sociais, carro de som, alto falante da igreja, e reuniões com vários segmentos da sociedade, de recomendações de como prevenir a contaminação do (COVID-19) Coronavírus por meio de higiene pessoal, higienização no ambiente de trabalho, residências, veículos;

- Fazer vigilância com busca ativa a pessoas que chegaram de outras cidades, para orientar que fique sem sair de suas casas, com acompanhamento das vigilâncias pelo período de sete dias;

- Elaboração de um novo modelo de fluxograma para atendimentos nas unidades básicas de saúde e pronto atendimento municipal. Dos atendimentos: Os pacientes ao chegarem nas unidades de saúde e pronto atendimento municipal, são recebidos por profissionais da área de enfermagem, que fazem a triagem direcionando aqueles com queixas de síndrome gripal para outro consultório separado do de atendimento clínico geral para terem prioridade no atendimento. Das condutas com os pacientes: Pacientes que apresentam síndrome gripal leve, são atendidos e orientados a voltarem para suas residências permanecendo em quarentena junto de seus familiares e são acompanhados pelas estratégias de saúde da família. Pacientes que apresentam dificuldade respiratória ou febre, são orientados a dirigir-se ao Pronto Atendimento Municipal para a consulta com o médico do plantão que em conjunto da médica que está a frente do comitê de emergência para tratar de assuntos relacionados ao (COVID-19) Coronavírus e se necessário são internados em leito de isolamento para melhor cuidado e acompanhamento. Pacientes com quadro clínico grave, como insuficiência respiratória, serão encaminhados até o município de Barretos para avaliação mais precisa e se necessário, encaminhados para o leito de UTI;

- Encontro entre profissionais da Diretoria de Saúde, Vigilância Sanitária e Epidemiológica, para orientação com líderes religiosos, empregadores e comerciantes de vários setores, para orientá-los na prevenção do contágio, medidas de higiene necessárias, orientação para utilização de EPI, e reorganização do fluxo de pessoas em seus ambientes, para assim, evitar aglomerações;

- Estruturação dos cinco leitos de isolamento clínico, com equipamentos necessários, por meio de compra, ou aluguel, e se necessário fazer a contratação de mais profissionais, para melhor atender o paciente que necessitar de cuidados neste ambiente;

- Reorganização do atendimento, e do fluxo de pessoas no serviço público municipal;

- Aquisição de mais produtos de limpeza, e desinfecção para as unidades, EPI's e produtos de higiene para os profissionais de saúde;

- Suspensão do atendimento por agenda de exames laboratoriais, e de imagem, de atendimentos odontológicos, mantendo-se apenas os atendimentos emergenciais;

- Reorganização do fluxo da sala de vacina, para evitar aglomeração, conforme recomendação do Ministério da Saúde;

- Campanha de vacinação contra a gripe, realizado casa à casa as vacinas nos munícipes acima de sessenta anos de idade – primeira etapa, com a participação das Estratégias de Saúde da Família, Vigilância Epidemiológica, Nasf e membros da secretaria de saúde;

- Os testes laboratoriais para pacientes suspeitos de contaminação do (COVID19) Coronavírus, serão realizados segundo as recomendações do Ministério da Saúde, e encaminhados para o IAL INSTITUTO ADOLF LUTS do município de Ribeirão Preto;

- Divulgação de boletins epidemiológicos diariamente, ou conforme mudança da situação;

- Bloqueio de orientação nos pontos de entrada e saída do município com desinfecção com hipoclorito nas rodas dos veículos;

- Realização de desinfecção com hipoclorito nas ruas e calçadas de toda a cidade com a implementação de kit de pulverizador no caminhão pipa da Prefeitura Municipal;

- Disponibilização de atendimento psicológico via telefone, direcionado às pessoas com sintomas de ansiedade, medo, insegurança diante a pandemia. Realizado pelas profissionais do Nasf, Cras e Assistência Social;

- Segunda etapa da vacinação da gripe, com pacientes crônicos, realizado casa à casa pelas Estratégias de Saúde da Família;

- Orientação individual às gestantes no final do período gestacional, uma vez que, o grupo de reunião com as gestantes foi interrompido. A enfermeira junto com uma profissional do NASF orientou em relação aos cuidados peri-natal, amamentação e com o recém –nascido e, entregou 1 kit e itens para o recém-nascido;

- Toda necessidade da aquisição de materiais e equipamentos, pagamento de hora extra e contratação de pessoal serão analisados pelo conselho municipal de saúde e pelo comitê de enfrentamento do covid durante o período de enfrentamento da pandemia;

- Definição da necessidade do pagamento de hora extra para funcionários que desenvolverem suas atividades após o horário de trabalho, finais de semana e feriados;

- Contratação para aumento do efetivo de profissionais para o pronto atendimento e hospital do município para mais eficiência, melhoria e segurança no cuidado com a população;

- Aquisição de novos EPIs para garantir ainda mais a segurança de toda equipe de trabalho;

- Aquisição de termômetro infravermelho para aferimento de temperatura corporal nas entradas do município e da unidade de saúde;

- Parceria com o CRAS na confecção de máscaras, aventais e gorros para os profissionais de saúde e também distribuição de máscaras para pessoas carentes;

- Aquisição de tapete para higienização nas entradas das unidades de saúde e hospital;

- Contratação de um técnico de segurança do trabalho para reforçar os cuidados com normas de segurança no ambiente e treinamento ao uso adequado de EPIs;

- Criação de um novo serviço de um centro de acompanhamento de pacientes com SARS e COVID com entrada paralela na unidade física do Hospital local, onde foi disponibilizado a seguinte estrutura:

Recursos Humanos:
- contratação em regime de urgência devido ao aumento das notificações de SARS:
- médico exclusivo para atuação no serviço no período de 12 horas diária das 7h às 19h;
- enfermeiros e técnicos de enfermagem no período de 24horas;
- profissionais de higienização e limpeza no período de 12 horas diárias.

Estrutura Física:
- criação de um consultório médico para atendimento exclusivo aos pacientes com SARS;
- sala de acolhimento para pré-consultas;
- sala de procedimentos para realização de coleta de exames;
- instalação de tendas no serviço de entrada do centro de acompanhamento;
- manutenção, reforma e readequação dos 5 leitos clínicos com oxigenioterapia;
- implantação se necessário, de mais leitos com reforma e adequação da estrutura física já existente;
- serviço de transporte de ambulância exclusivo aos pacientes com síndrome gripal;

- Intensificação do serviço de vigilância na busca ativa e monitoramento aos pacientes suspeitos e acompanhamento dos notificados e contatos próximos;

- Aquisição de testes rápidos para detecção de COVID;

- Adaptação do fluxograma já existente, com o objetivo de qualificar e fortalecer o serviço de saúde;

- Aquisição de 02 Respiradores portáteis;

- Aquisição de mais 01 Monitor multe parâmetros;

- Aquisição de 01 Bomba de Infusão;

- Aquisição de 01 Desfibrilador.